Blog

O valor da mercadoria

Mauricio BachaNegócios, Produtividade

FALANDO PARA O CANAL REVENDEDOR

Comprar um livro por R$ 100 é um bom valor?

Sua primeira resposta poderia ser “de jeito nenhum!” Parece um monte de dinheiro por um monte de papel.

Se um livro custa R$ 2, é um bom valor?

“Oh sim!” Esse preço é uma pechincha.

O problema é que o preço dos livros não, necessariamente, tem qualquer relação com o valor que os livros têm para você.

Um livro repleto de informações úteis para a sua faculdade pode valer R$ 100. Por outro lado, um romance ruim, mal escrito pode não valer a pena até por R$ 2 – especialmente quando você leva em conta o custo do tempo de lê-lo.

O valor da mercadoria

“Barato” não significa “Bom Valor”

A maioria de nós acha difícil resistir a uma pechincha.

Mas só porque algo é barato não significa que tenha valor.

Talvez seja um produto de má qualidade. Você poderia pegar alguma câmera de segurança, mas elas  podem funcionar mal e precisar de substituição depois de um mês -, a longo prazo, seria melhor  investir em alguma câmera de qualidade que dure muito com bom desempenho.

Talvez seja um bom produto a um preço muito correto, mas não é o ideal para você. Claro, que um  produto pode ser incrivelmente barato, mas se não gosta do modo de programar ou do design, você  não vai usá-lo.

Tenha muito cuidado com pechinchas, descontos, preços fora de tabela ou quebras de políticas de  fabricantes. Os comerciantes não estão agindo por altruísmo – eles estão tentando pegar o seu  dinheiro. Depois da venda você pode ter problemas. Um cabo UTP de má qualidade pode custar muito  barato, mas no tempo vai lhe trazer problemas e o seu valor para o cliente é que vai a zero.

“Caro” não significa “Valor Ruim”

Por outro lado, às vezes vale a pena gastar mais dinheiro do que você poderia imaginar inicialmente.

Vamos dizer que você esteja criando um novo negócio. Pagar R$ 500 por uma hora de consultoria  pode soar como uma despesa enorme – exceto, se estes R$ 500 gerem resultados de vendas extras de  R$ 500.000,00,  já no seu primeiro mês de operação, então esta proposta tem um valor muito melhor.

Bons exemplos em nosso mercado são os Hard Disks para Segurança da Western Digital que custam  um pouco mais, mas têm um desempenho muito superior e previnem manutenções. Quanto você gasta  para ir ao seu cliente e fazer uma manutenção se o equipamento quebrar antes do seu período de  garantia? Qual o julgamento que o cliente fará de sua oferta inicial “mais barata”?

Do mesmo modo, se você paga mais barato mas o pacote de serviços e benefícios do seu fornecedor é  pequeno, você pagar pouca coisa mais caro, mas o seu fornecedor financia para seu cliente, entrega  com “frete grátis”, lhe proporciona treinamento e suporte técnico e ainda lhe proporciona campanhas  de fidelidade com constância, terá um valor muito melhor.

O valor da mercadoria

Talvez você participar de um treinamento ou de um evento não sairá muito barato – mas o networking  e a aprendizagem, vão valer muito mais do que o preço do ingresso.  Talvez você esteja investindo um  pouco de dinheiro e um pouco de seu tempo para treinamento – mas uma vez que você usufrua do  conhecimento, você estará em uma ótima posição para aumentar seus honorários.

Mas nesta altura muitos de vocês estão pensando, mas meu concorrente oferece sempre o mais barato,  pois é: o seu cliente precisa enxergar valor em sua empresa e no produto que você oferece, em  comparação com o pacote que seu concorrente oferece.

O valor da mercadoria